A vacinação é muito importante para as crianças, para evitarmos doenças graves e fatais. Vejam alguns motivos para nem sonhar em não vacinar seu bebê: 💬 🤓

1️⃣ Com a vacinação, podemos evitar doenças graves como poliomielite, que antigamente deixava centenas de crianças com paralisia motora irreversível

2️⃣ O sarampo pode se manifestar como formas leves apenas com vermelhão pelo corpo. No entanto, formas graves da doença podem levar a falência respiratória ou a comprometimento neurológico. Casos mais graves da doença podem até mesmo ser fatais. A vacina tríplice viral confere proteção contra o sarampo, reduzindo muito o risco de epidemias de sarampo e o risco de internação e morte de muitas crianças

3️⃣ Assim como o sarampo, a rubéola e a caxumba são previníveis pela vacina tríplice viral. Com a vacina, a criança fica protegida contra estas doenças, o que reduz a necessidade de se afastarem de suas atividades escolares

4️⃣ A coqueluche nos últimos anos voltou a ser uma causa frequente de internação de bebês menores de 1 ano de idade com quadro de tosse e insuficiência respiratória. Em crianças pequenas a coqueluche pode comprometer gravemente a respiração e a oxigenação, com necessidade em muitos casos de internação em UTI, com grande risco de morte. A coqueluche pode ser evitada com as vacinas tetravalente, pentavalente ou hexavalente

5️⃣ A varíola já é uma doença erradicada, graças a vacinação adequada e ampla de todo o mundo. Este é um exemplo de como a vacinação pode eliminar doenças e evitar muitas mortes.

6️⃣ A vacina da gripe, como já falamos aqui, confere proteção às cepas do vírus da gripe mais associadas aos quadros graves da doença. Evita assim, internações e mortes, principalmente de crianças pequenas e indivíduos com alguma doença preexistente que podem apresentar quadros graves de insuficiência respiratória pelo vírus da gripe.

7️⃣ A vacina da dengue, recém lançada no mercado, também confere proteção aos quadros graves da doença. Os quadros graves são aqueles com risco de hemorragias, internação e óbito

8️⃣ Após a introdução da vacina contra meningite C no Sistema Único de saúde, com aumento do número de crianças vacinadas, o número de casos de crianças com meningite tipo C reduziu significativamente. A meningite C afeta o sistema nervoso principalmente  e seu tratamento requer internação de pelo menos 10-14 dias. Nos casos graves há necessidade de internação em UTI e pode haver sequelas, inclusive neurológicas.

9️⃣ A vacina para pneumococo protege a criança contra pneumonias, meningites e outras doenças causadas por esta bactéria. As infecções pneumocócicas são potencialmente graves, em alguns casos fatais.

🔟 Com a vacinação ampla e disseminada, grande parte da população estará imune a estas e outras doenças. Os vírus e bactérias ainda existirão, mas com a imunização as pessoas estarão protegidas e não desenvolverão a doença. Não vacinar as crianças fragiliza essa barreira pois parte da população estará suscetível às doenças. Isto causa novas epidemias e surtos e pode ocasionar óbitos e internações que poderiam ser evitados.

Vacine seu filho! Essa não é uma escolha pessoal, não vacinar  tem impacto social e mundial! Evite epidemias, surtos e mortes desnecessárias! ☺😉

Leia mais em: http://calmamaezinha.com.br/nao-vacinar-a-crianca/