Uma coisa que angustia a maioria das mamães é a febre.  Quando a criança está com febre, logo vem aquela vontade de dar antibiótico! 😬 Mas dar antibiótico para febre é correto? 🤔

Já conversamos em outro post  que a febre na criança é um sintoma, e não uma doença, ou seja, ela é uma manifestação que algo pode estar errado com a criança. Durante uma infecção, o organismo buscando combater o agente causador da infecção produz substâncias inflamatórias que elevam a temperatura corpórea, ou seja, causam febre.

As infecções na criança podem ser causadas por vários tipos de microorganismos, sendo os vírus e as bactérias os principais. Os vírus correspondem a cerca de 90% das infecções nas crianças. São exemplos de infecções virais:  gripes, resfriados , diarréia, exantemas (vermelhões pelo corpo), dentre outros. Os quadros virais podem ser acompanhados de febre,que pode durar até 72 horas.

Antibióticos são medicamentos destinados ao combate de infecções bacterianas. Eles não atuam sobre os vírus.  Infecções virais devem ser tratadas apenas com medidas para alívio dos sintomas: analgésicos, repouso, hidratação, alimentação saudável, uso de soro fisiológico nas narinas, entre outras. As infecções virais são,  na maioria das vezes,  doenças benignas e autolimitadas, ou seja, melhoram sozinhas.

O uso inadequado de antibióticos em infecções virais não irá curar a doença, fazer a criança se sentir melhor ou protegê-la de ficar doente. Ao contrário, o uso inadequado de antibióticos poderá causar efeitos colaterais desnecessários e criar resistência, ou seja, quando a criança realmente precisar de antibióticos para uma infecção bacterina pode ser que esse antibiótico não faça o efeito desejado.

Assim, quando a criança estiver com febre, inicialmente busque avaliar se há algum sinal de alerta. Veja aqui quais são estes sinais e quando você deve se preocupar. Lembre-se que os quadros virais podem apresentar febre por até 72 horas e que na maioria das vezes a evolução é benigna. Converse com seu pediatra, para juntos avaliarem o diagnóstico correto do seu filho.  Antibióticos devem ser utilizados para infecções bacterianas e não para o tratamento de febre. A febre é apenas um dos sintomas que a criança vai apresentar. Tenha calma, febre na criança é muito chato para a família toda, mas nem sempre a solução é dar antibiótico para febre. 😉