O uso de álcool na adolescência vem crescido bastante e trazendo muitos danos à saúde e ao desenvolvimento neurológico e cognitivo dos jovens, como pudemos ver no post anterior. O envolvimento do jovem com o álcool é multifatorial, relacionado a fatores sociais, relação com os amigos, ambiente escolar e ambiente familiar.  Como a adolescência é uma fase de muita vulnerabilidade, a família tem um papel muito importante no combate ao uso de álcool entre os jovens.

A família é o alicerce, é ela que é a base para o desenvolvimento das relações primárias de convivência e desenvolvimento cognitivo e emocional do indivíduo. As famílias são responsáveis pelos seus jovens: é dentro da família que se transmitem as principais regras e valores do convívio social.

Na ausência da família o adolescente procura preencher essa lacuna com amigos,  que, dependendo da situação, podem incentiva-lo a se expor a situações de risco como experimentar álcool ou drogas. A curiosidade, comum desta idade, em conjunto com a ausência de limites ou autoridade dentro da família, falta de afeto, baixa auto-estima, falta de compreensão e apoio familiar e descumprimento de regras pode facilitar a interferência prejudicial de amigos ou de outras pessoas ao redor.

A família é fundamental para o desenvolvimento dos adolescentes. É muito importante para o jovem o apoio dos pais e o acompanhamento dos mesmos em relação às atividades desenvolvidas pelo filhos. O interesse pelos pais pelas atividades dos filhos, pelos amigos e pelo seu cotidiano, reduz os comportamentos de risco na adolescência, incluindo o uso de álcool. Neste contexto é muito importante a convivência familiar (por exemplo uma refeição com a família toda reunida) e atividades conjuntas com os jovens.

Assim, como a família deve atuar junto aos adolescentes no combate ao uso de álcool e drogas?

  • Participe e se interesse das atividades diárias do seu filho
  • Observe e acompanhe as suas amizades e a forma como se relacionam com seu filho
  • Estabeleça uma boa convivência de toda família, incluindo o jovem nas atividades familiares dentro e fora de casa
  • Apoie seu filho em suas dificuldades, ajude-o a resolver suas dúvidas e problemas
  • Seja afetuoso, amor nunca é demais 💕
  • Desde pequeno e até a adolescência é muito importante e estipulação de regras e limites dentro de casa. A autoridade dos pais nas regras e limites da família é muito importante. Seja coeso com as regras que você estipulou para sua família. É dentro da família que o jovem aprende a obedecer regras,  respeitar os limites e desta forma, estabelece um bom convívio social

A conversa com o filho sobre o assunto é sempre uma boa saída para o combate ao uso de álcool: esclareça as dúvidas do adolescente e o conscientize das consequências de comportamentos de risco, como uso de álcool e drogas. E lembre-se: o exemplo vem de casa! O não uso abusivo de álcool pelos pais é o maior exemplo para os filhos!