As crianças, especialmente as pequenas, colocam tudo na boca e em um descuido pode acontecer um acidente e este objeto ser engolido. 😱😱 E aí, o que devemos fazer se a criança engoliu um brinquedo ou algum outro objeto?? 😵

A primeira coisa a saber é que o objeto estranho pode fazer dois percursos: a via digestiva, ou seja ir para esôfago e então estomago e intestinos, e a via respiratória, ou seja traquéia, brônquios e pulmões.

Quando o caminho é a via respiratória, acontece o que chamamos de engasgo. O objeto pode obstruir parcialmente ou totalmente a passagem de ar, causando tosse, falta de ar, dificuldade para falar e respirar. Vimos no post sobre engasgo o que devemos fazer quando isso acontece (leia aqui).

O foco deste post é quando o objeto segue o outro caminho: a via digestiva. Esta via é a via comum dos alimentos, o objeto estranho segue pelo esôfago até o estômago e depois intestinos. Por ser a via normal dos alimentos, em geral os objetos estranhos seguem o mesmo caminho que o alimento e serão eliminados nas fezes. Felizmente isso é o que acontece na maioria das vezes que a criança engoliu um brinquedo ou algum outro objeto. Mas existem algumas situações que devemos prestar mais atenção:

🚩 Quando o objeto é muito grande: objetos grandes podem obstruir a passagem no intestino. Além de ser difícil de serem eliminados com as fezes, podem obstruir a passagem natural dos alimentos e fezes

🚩 Objetos de bordas cortantes ou pontiagudas: podem causam ferimentos e perfurações no trato digestivo

🚩 Pilhas e baterias: podem “vazar” dentro do trato digestivo causando graves lesões corrosivas e queimaduras. Estes deverão ser retirados com urgência por endoscopia.

🚩 Mesmo quando o objeto é pequeno e sem as características acima podem ocorrer sintomas como: vômitos, dores na barriga, salivação intensa, dor ou dificuldade para engolir, dor no pescoço ou no peito (atrás do osso esterno- osso na parte central do tórax). Nestes casos pode ser que o objeto tenha parado em algum lugar indevido e deverá ser necessária sua retirada

👉Nas situações acima o pediatra avaliará a necessidade de exames complementares para considerar a retirada do objeto por endoscopia.

O que devemos fazer então, se a criança engoliu um brinquedo ou qualquer outro objeto?😰

✅ sempre comunique seu pediatra de confiança- ele poderá te orientar quanto às medidas a serem tomadas

❌ Nunca provoque vômitos

❌ Não tente retirar objetos que estão na garganta da criança- isso pode empurrar ainda mais o objeto e piorar as coisas. Retire-o apenas se você tiver certeza que ele está totalmente visível na boca

✅ Em caso de sintomas respiratórios: caso a criança esteja tossindo, deixe-a tossir pois o reflexo da tosse na maioria das vezes é suficiente para o corpo estranho ser expulso da via aérea. Se a criança não estiver respirando inicie a manobra de Heimlich– Veja como fazer essa manobra aqui

✅ Quando as situações que demandam mais atenção, que foram citadas acima, estiverem presentes não perca tempo e procure logo atendimento de urgência

O melhor remédio para isso é a prevenção! Objetos pequenos, brinquedos, pilhas, baterias, presilhas, enfeites, devem ser deixados longe do alcance de crianças. Com criança pequena todo cuidado é pouco.

Mas mesmo com todo cuidado esse tipo de acidente pode acontecer! Então fique esperto em como você deve agir! 😉