Estamos vivendo um surto de febre amarela silvestre no estado de Minas Gerais, onde inúmeros casos já foram confirmados inclusive com alguns óbitos.😱 Muita gente está em dúvida quanto as recomendações para vacina contra febre amarela no estado de São Paulo.  Como já conversamos em outro post, há dois tipos de febre amarela: o silvestre, transmitido pelo mosquito Haemagogus e o tipo urbano, transmitido pelo Aedes Aegypti. 🤓

Desde 1942 não são registrados casos de febre amarela urbana no Brasil. Os casos registrados são de febre amarela silvestre. A febre amarela silvestre é adquirida por pessoas não vacinadas que entram em contato com o mosquito Haemagogus através de atividades rurais, exploração florestal ou ecoturismo dentro das áreas endêmicas. O mosquito Haemagogus adquire o vírus da  febre amarela ao picar macacos infectados.

As áreas endêmicas são aéreas próximas a matas e rios,  em que naturalmente o vírus pode ser encontrado, em vetores ou hospedeiros, ao longo de todo ano.  Dentro destas áreas endêmicas, independente de surtos da doença, durante atividades rurais ou contatos com florestas, as pessoas podem contrair a febre amarela. É por isso que durante todo o ano, há recomendação de vacinação para os moradores e para aqueles que vão viajar  para estas áreas. 

A recomendação de vacinação para febre amarela nestas regiões endêmicas sempre existiu! No momento, estamos passando por um surto da doença dentro das áreas endêmicas. Então a necessidade de vacinação está sendo reforçada dentro destas regiões.

As diversas notícias de morte pela doença causa certo medo em todo mundo. É natural que todos queiram se  vacinar e proteger toda a família.  Temos que ficar atentos às áreas endêmicas: as pessoas moradoras destas regiões e aqueles que irão viajar para estas áreas  devem receber a vacina. Mas atenção: a vacina é indicada e realizada para estas áreas durante todo o ano! Se você não vai viajar nos próximos 30 dias para estas regiões não há necessidade para correria agora! Quem for viajar para estas regiões devem receber a vacina pelo menos 10 dias antes da viagem.

A vacina contra febre amarela no estado de São Paulo está indicada em algumas regiões que estão dentro da área endêmica (veja no mapa). Nas demais áreas não há necessidade de vacinação. A vacina da febre amarela não é isenta de efeitos colaterais, portanto, a vacinação deve ser criteriosa. Veja aqui quais são os efeitos colaterais.

Febre amarela no estado de São Paulo

 

Leia as indicações da vacina da febre amarela para as crianças: http://calmamaezinha.com.br/vacina-da-febre-amarela/

E cuide de toda a família! Veja aqui as indicações e contraindicações para todas as idades: http://calmamaezinha.com.br/vacina-contra-febre-amarela-familia/

A lista completa das cidades do país com indicação de vacinação http://portalsaude.saude.gov.br/images/pdf/2015/novembro/19/Lista-de-Municipios-ACRV-Febre-Amarela-Set-2015.pdf

Os dados são atualizados continuamente e se houver mudanças nas cidades com recomendação para vacinação contaremos para vocês! Fiquem ligados! 😉