Que o leite materno é o melhor alimento que o bebê precisa não temos dúvidas!👏👏 O aleitamento materno exclusivo é recomendado até os 6 meses de vida. Após essa idade, o leite materno poderá ser ofertado junto a outros alimentos até pelo menos os 2 anos de idade. Assim, até os 6 meses de idade o bebê não precisa de nada mais além do leite da sua mamãe! 😍😊💕Porém, muita gente por aí acaba dando leite de vaca para bebês, algumas vezes até para bebês recém-nascidos!😱 “Meus filhos tomaram leite de vaca, cresceram e são adultos super saudáveis!” Quem nunca escutou essa frase? 😩

Pois é, muita gente tomou leite de vaca quando bebê e não teve nenhum problema de saúde. 🙏 Mas o que ninguém sabe é que tem muito bebê que toma leite de vaca e que apresenta problemas de saúde, muitas vezes graves, que podem se manifestar não quando bebê mas quando estiver mais velho até mesmo na idade adulta. 😱 Vamos listar,então, algumas das consequências de dar leite de vaca para bebês.

1⃣ O leite de vaca tem quantidade de ferro e vitamina C insuficientes para o bebê. Com baixa oferta de ferro e vitamina C o bebê poderá desenvolver anemia ferropriva e necessitar de tratamento.

2⃣ A quantidade de sódio, potássio e cloretos no leite de vaca é muito maior que no leite materno e que nas fórmulas infantis. O excesso destes elementos, associado ao alto teor de proteínas do leite de vaca, pode sobrecarregar os rins do bebê e levar hipertensão arterial.

3⃣ O leite materno possui quantidades adequadas de ômega 3 e do ácido graxo DHA (docosahexaenoico), fundamentais para a formação das estruturas neurológicas do bebê nos primeiros meses de vida. A falta destes nutrientes pode levar a atraso no desenvolvimento motor do bebê,  prejuízo no desenvolvimento visual e em longo prazo a dificuldades no aprendizado.

4⃣ O alto teor de proteínas no leite de vaca pode levar a um ganho excessivo de peso e aumentar o risco de obesidade infantil. Isso é ainda pior quando o leite de vaca é ofertado com algum tipo de engrossante ou com adição de açúcar ou achocolatado.

5⃣ A falta de fibras e prebióticos no leite de vaca pode predispor a alterações na função intestinal, levando a quadros de constipação intestinal ou diarréia. Além disso, a função imunológica do intestino pode ficar comprometida (as bactérias do intestino também são importantes para a defesa no nosso corpo!), facilitando quadro infecciosos.

6⃣ O contato precoce com as proteínas do leite de vaca pode facilitar e precipitar a sensibilização alergênica da criança. Ou seja, a criança poderá se expor a nutrientes e substâncias que poderão causar quadros alérgicos (intestinais, cutâneos e respiratórios). As manifestações alérgicas podem não ocorrem no momento da ingestão do leite de vaca, mas poderá se manifestar no futuro, quando a criança estiver maior ou até na fase adulta

Estes são alguns dos principais efeitos danosos no leite de vaca para bebês. Junte isso às inúmeras vantagens do leite materno. Não restam dúvidas: o aleitamento materno é  o melhor para seu bebê! 😊💕