O ministério da saúde vem destacando a importância da quantidade de sal na alimentação. A quantidade média de sal consumida pelos brasileiros está muito acima da recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e isso não é diferente para as crianças.😰😱 A OMS recomenda que a ingestão máxima de sal seja de 5 gramas, equivalentes a cerca de 1,7 gramas de sódio. O hábito alimentar começa na infância, então devemos desde cedo prestar atenção na quantidade de sal na dieta das crianças.

A recomendação na quantidade de sal na dieta das crianças acima de 2 anos é a mesma estabelecida para os adultos. Para crianças menores não há um consenso na quantidade, a recomendação é que o sal seja evitado ao máximo e usado em quantidades pequenas no preparo das papas/comidinhas salgadas introduzidas após os 6 meses de idade.

O sódio, contido no sal, é importante para nosso organismo em diversas funções vitais como no controle de atividades neuronais, atividade muscular, controle de batimentos cardíacos e da pressão arterial. No entanto, em excesso o sódio pode trazer grandes danos à saúde:

🚩Hipertensão arterial– a pressão alta acontece também em crianças que ingerem muito sal na dieta. A longo prazo a pressão arterial elevada pode levar a problemas no coração, problemas vasculares, infartos, acidentes isquêmicos cerebrais. Estas complicações, também acontecem ainda na infância e na adolescência, diferente do que a maioria das pessoas imaginam. A pressão alta na criança pode não causar sintomas e será apenas detectada em consulta de rotina com pediatra ou quando essas complicações aparecerem

🚩 O excesso de sal sobrecarrega o trabalho dos rins. Os rins são os responsáveis pela eliminação do excesso de sal que foi ingerido. Trabalhando em “taxa máxima” por muito tempo devido ao excesso de sal na dieta das crianças, os rins podem também adoecer. Quadros de insuficiência renal e de agravamento da hipertensão arterial podem acontecer em decorrência disso.

🤔O que podemos fazer na dieta das crianças para reduzir a ingesta de sódio?

✅Ao cozinhar use o mínimo necessário de sal. Tente utilizar outros temperos e condimentos naturais como cebola, alho, salsinha etc para incrementar o sabor do alimento, ao invés de usar o sal com essa finalidade

✅Não utilize condimentos artificiais e  temperos prontos: o teor de sódio nestes produtos é muito alto

✅Na alimentação da criança evite embutidos (mortadela, presunto, salsicha, linguiça, salame etc), enlatados e industrializados (salgadinhos, bolachas recheadas, refrigerantes)- deixe estes produtos para datas eventuais, festinhas etc, não para o dia-a-dia.

✅Evite deixar saleiros disponíveis à mesa nas refeições: o sal que o alimento pronto fornece em geral já está até acima do recomendado! Não há necessidade de adicionar mais sal no prato!

✅Dê sempre preferência a alimentos naturais e frescos

✅Lembre-se: a mudança tem que ser na dieta da família toda! A criança vai seguir o exemplo do que vê na família!💕💕

O cuidado com a alimentação é fundamental para o crescimento adequado e saudável das crianças. Fique ligado e cuidado com a quantidade de sal na dieta das crianças!😉💕