Dentre as inúmeras dúvidas que surgem quando chega o bebê está a relação entre as vacinas e o aleitamento materno. Tanto a vacina quanto o leite materno protegem a criança contra infecções, mas a proteção de ambos é a mesma?🤔

Como já falamos em outros posts, o sistema imunológico (aquele que nos protege de infecções) na criança não está plenamente desenvolvido, especialmente na criança abaixo de 2 anos, deixado-as mais suscetíveis a diversas infecções. O aleitamento materno e a vacinação adequada conferem maior proteção para a criança nesta fase.

Através do aleitamento materno a mamãe passa vários tipos de anticorpos para o bebê. Os anticorpos conferem proteção à criança contra doenças, reduzindo a chance da criança adquirir muitas infecções. Além disso, o leite materno também reduz a agressividade das infecções,  ajudando a minimizar os sintomas, tornando-as mais brandas e com menor tempo de evolução.

No entanto, apenas o leite materno não é suficiente para proteger a criança de todas as infecções. A vacina é, então, essencial, mesmo para os bebês que mamam exclusivamente no seio materno. Através das vacinas o sistema imunológico do bebê é estimulado a produzir seus próprios anticorpos, que irão conferir proteção mais duradoura para a criança. Muitas doenças que antigamente eram letais ou muito agressivas em crianças são, hoje em dia, preveníveis com as vacinas. Já falamos da importância da vacinação em outros posts, mas nunca é demais lembrar que a vacinação adequada é fundamental para a saúde da criança.

Uma dúvida frequente a respeito da relação entres as vacinas e o aleitamento materno é se as vacinas orais sofrem interferência com o tipo de aleitamento. Vacinas como a da poliomielite e a contra o rotavírus, que são realizadas por via oral (gotinhas) não sofrem interferência com o leite materno, nem com qualquer outro tipo de fórmula láctea, e devem ser administradas independentemente do tipo de aleitamento.

Desta forma, tanto o aleitamento materno como a vacinação são importantes para a proteção imunológica das crianças. Uma forma de proteção complementa a outra e as duas devem ser realizadas conjuntamente. Proteja seu bebê! 👶😊💕